Algoritmo

Conecte-se com seu inconsciente e construa sua consciência Junguiana

Procuramos moça 37979

Palavras-chave: Homossexualidade, Heteronormatividade, Psicologia. ABSTRACT This work is about the result of intent and systematic readings, followed of notations and registers, which had served for the theoretical recital. The problem that guides this work is centered in the contributions of the religious speech and of medical-psychological for the construction of the Identities of the Homosexual Men, under which a critical analysis was made, from this we present the repercussion that such phenomenon has produced in the present time. Para afirmar sua masculinidade, o homem procura negar suas características femininas, o seu comportamento é feito de manobras, rejeitando e matando tudo aquilo que possa se identificar com o feminino, o que socialmente pode ser visto como um indício de homossexualidade. A partir disso, fazemos algumas considerações sobre quais influências essas atitudes tiveram para legitimizar e naturalizar certas crenças que tais discursos propagam até hoje. Ela sempre existiu, em todos os povos e nos mais diferentes status sociais.

O pré-conceito social ao gay; 3. Casório homo afetivo; 4. Direito e cidadania sexual; 5. ABSTRACT: We seek in this paper to develop a reflection of the perception that the society is getting ahead to the question of sexuality, or rather about homosexuality.

Da mesma forma, registrou-se o fascínio prototípico das mulheres por figuras masculinas, quanto D. Juan e Casanova, cientistas, artistas e líderes políticos e religiosos. Com isso quero dizer que as imagens da Anima do homem podem ser projetadas tanto numa mulher como com num homem, o mesmo acontecendo com o Animus da mulher, independentemente de serem homo ou heterossexuais. Baseado em mitos de dominância matriarcal e respeitável, assim catalogados pela primeira vez por Bachofen, Erich Neumann descreveu o desenvolvimento histórico da Consciência Coletiva através dos mitos de dominância do Arquétipo Matriarcal, seguidos dos mitos de dominância do Arquétipo Patriarcal. Seguindo o que Neumann fez com o Matriarcal e o Patriarcal, e buscando o equivalente do Arquétipo da Alteridade na personalidade particular, percebemos que ele se torna fixo pela primeira vez na adolescência e volta a ser dominante na metanóia. Com o desenrolar da adolescência, a Anima, o Animus e a Alteridade se constelam ainda mais, e a hetero afetividade se intensifica. Mesmo em adolescentes homossexuais, vemos a busca de parceiros de tipologia complementar, o que comprova a bipolaridade da Anima e do Animus.

Leave a Comment